Grandes redes mantêm planos de expansão

Apesar de ter sentido a desaceleração de vendas, grandes varejistas informam que mantiveram os planos de expansão para este ano e o próximo porque estão olhando para as perspectivas do mercado brasileiro a médio e longo prazos.Há 37 anos no País, a C&A abriu 29 lojas este ano, uma a mais do que em 2013 e sete a mais que em 2012. “Nossas inaugurações ficaram dentro do planejado”, afirma o diretor de operações da rede, Elio França. A companhia encerra 2014 com 290 lojas e o único Estado em que não estará presente será Tocantins. Mas já está programada a abertura de uma unidade em Palmas, capital do Estado, no ano que vem. Para 2015, a rede planeja abrir 25 lojas. “O Brasil tem um dos maiores mercados de consumo do mundo e a nossa perspectiva é de médio e longo prazos”, diz França, sobre os impactos da desaceleração de vendas nos planos de expansão da rede. Essa também é a avaliação de Manuel Corrêa, diretor geral da Telhanorte, uma das gigantes do setor de materiais de construção. Depois da reestruturação que houve na companhia nos últimos anos, a empresa voltou a abrir lojas este ano. Em 2014, foram duas unidades e, para o ano que vem, a meta é inaugurar entre quatro e cinco lojas, com investimentos de R$ 80 milhões. A rede termina 2014 com 38 pontos de venda. Corrêa diz que a empresa sentiu os altos e baixos do mercado deste ano. “O primeiro trimestre foi pujante, o segundo mais fraco por causa da Copa, o terceiro continuou fraco e o quarto está razoável.” A expectativa...

Freddo passa a vender sorvetes em carrinhos

A marca de sorvetes artesanais Freddo começou a atuar num novo formato de ponto de venda, composto por um carrinho. O objetivo é expandir a presença no mercado nacional. Com design vintage, a novidade chega a shoppings do Rio de Janeiro e de São Paulo, entre outubro e novembro, oferecendo seis sabores. As receitas são as mesmas já encontradas em lojas espalhadas pelo país: doce de leite, doce de leite tentação, banana split, chocolate, morango e maracujá. O novo formato também terá os cubanitos, canudos de waffle recheados de sorvete e cobertos com chocolate artesanal, por R$ 9,90, além de cafés premium em cápsulas da marca italiana Lavazza e copos para viagem, R$ 5,90. Já os sorvetes estarão disponíveis em potes pequenos, de 90 gramas, ao preço de R$ 10,50, médios, 170g e R$ 13,90, e potes grandes, de 250g e R$ 19,90. O primeiro Carrinho Freddo estreou neste fim de semana no Shopping Downtown, na capital fluminense, e estará em breve no Shopping Ibirapuera, Shopping Plaza Sul, Shopping Metrópole e Shopping Metrô Santa Cruz, todos em São Paulo. As cidades que já contam com sorveterias da marca são: São Paulo (SP), Campinas (SP), Ribeirão Preto (SP), São José do Rio Preto (SP), Curitiba (PR), Rio de Janeiro (RJ), Niterói (RJ), Ponta Grossa (PR), Brasília (DF), Vitória (ES), Belo Horizonte (MG), Natal (RN), Porto Alegre (RS), Joinville (SC) e Xangri-Lá (RS). Esta última unidade é temporária, com funcionamento na temporada de verão. Fonte: Mundo do...

L’Occitane inaugura minimercado em Florianópolis

  Com arquitetura inspirada nas feiras de rua, esta é a 40ª loja da bandeira brasileira do grupo A L’Occitane au Brésil abre nos próximos dias sua primeira loja na capital de Santa Catarina. A unidade, em formato de minimercado, terá 9 m² e ficará no Aeroporto Internacional Hercílio Luz.  O mix abrange produtos ligados aos cuidados pessoais e para a casa, compostos por ingredientes naturalmente brasileiros. Do total de lojas até agora, 13 são próprias e 26 são franquias, distribuídas em shoppings de São Paulo, Campinas, Belo Horizonte, Uberlândia, Goiânia, Rio de Janeiro, Vitória e Aracaju. A inspiração arquitetônica para a loja foram os mercados municipais e feiras de rua do País. O quiosque oferecerá produtos femininos das linhas Aguapé, Bromélia, Mandacaru, Jenipapo, Vitória-Régia além de itens masculinos de Araucária, com ilustrações de artistas locais nas embalagens. A L’Occitane au Brésil é a marca brasileira do grupo L’Occitane, criada há cerca de um ano com o intuito de valorizar a produção local e que já conta com 40 unidades. Sob diversas bandeiras, a marca atua em 90 países através de 2,2 mil lojas. Fonte: Mundo do...

Como evitar a Zona de conforto

Arrisque. Não correr risco significa não vencer nem perder nunca, significa estar imóvel. Um jogador as vezes perde e cresce, as vezes vence e adquire confiança, o grande ponto é que ele arrisca, o risco faz parte do crescimento. Se não estiver apaixonado, se apaixone. Se apaixone por seus sonhos, trace metas e corra em busca de seus objetivos, mas precisa estar apaixonado, pessoas apaixonadas movem o mundo. Está com medo? Acelere o sim ou o não. A dúvida e o medo nos coloca em inércia, acelere decisões. Qualquer ação é melhor que...

LIVRO DOWNLOAD – PAI RICO, PAI POBRE (ROBERT T. KIYOSAKI) Link Atualizado

Um grande livro, dentre tantos outros títulos com ensinamentos mágicos sobre como você deve pensar e agir para ganhar tanto dinheiro quando imaginar, o livro de Robet Kiyosaki é fantástico (apesar do título um tanto polêmico). O livro conta sobre  a história de vida do próprio autor, aonde “Pai Pobre” é seu pai de fato, funcionário público sem visão empreendedora. E  “Pai Rico”, pai de seu amigo de infância, ensina sobre o mundo dos negócios e educação financeira. De acordo com “Pai Rico” devemos  ter cuidado com o “passivo” (despesas fixas)  ou atitudes  que gerem despesa: financiamentos de casas, carros, cartão de crédito, etc. Devemos, ao longo da vida, adquirir “ativos” (operações que nos gerem renda fixa ou que deem lucro) e com o lucro adquirirmos mais ativos e nossos tão sonhados bens de consumo. No livro ele exemplifica diversas maneiras de como  “fazer dinheiro”. Cita de como ele comprou um imóvel em leilão com valor abaixo do mercado e revendeu em 15 dias. [BAIXE O LIVRO]  ...

Franquias: Vigoroso no longo prazo e Cauteloso no curto prazo

Entre 2004 a 2013, o Franchising nos EUA cresceu 18,7%, enquanto que no Brasil, no mesmo período, evoluiu 151,4%. O faturamento do setor de franquias no Brasil foi equivalente a US$ 62,1 bilhões, em 2013, representando 2,4% do PIB, quando em 2004 foi de apenas US$ 21,2 bilhões e representou 1,6%. Já nos EUA, o faturamento do Franchising em 2013 representou 5,1% do PIB norte-americano, tendo alcançado US$ 839 bilhões. O número total de estabelecimentos franqueados, lojas e postos de serviços, previstos no final deste ano no Brasil deve alcançar a cifra de 125,8 mil, número 92% superior ao que existia em 2007. Para efeito de comparação, no final de 2014 devem estar operando nos EUA 770 mil estabelecimentos, praticamente o mesmo número que havia em 2007, sendo que esse número chegou a cair para 736 mil em 2011, no período mais agudo da crise recente naquele mercado quando muitas lojas foram fechadas. Como se percebe houve uma retomada no processo de abertura de pontos e o mercado sinaliza um novo período de expansão. Comparativamente, em termos de densidade de estabelecimentos, existem 397 habitantes por estabelecimento nos EUA e 1.747 no Brasil, sinalizando o espaço que ainda existe no país para crescimento do número de unidades. Em termos de relação com população, o índice precisa ser ajustado à questão do potencial individual de consumo. No Brasil, trabalham no setor de franquias 1.133 mil pessoas, quando em 2007 eram 590 mil, enquanto que nos EUA atuam na área atualmente 8,5 milhões, tendo evoluído apenas 6,4% em relação a 2007. Interessante notar que, apesar de um tamanho médio de unidade ser...

Pequeno guia para quem (ainda) tem medo de empreender

Ter um negócio próprio é o sonho de um número cada vez maior de brasileiros. Mas muitos ainda têm medo de se arriscar em um negócio próprio. Se você está neste grupo, este pequeno guia pode ser útil. Empreendedores de primeira viagem precisam encher, de alguma forma, tanques com cinco combustíveis diferentes. Serão usados em várias combinações desde a etapa inicial da viagem até o próximo posto de combustíveis. A ordem do enchimento dos tanques pode variar, mas se você se enquadra na categoria dos que têm medo de empreender, primeiro encha o tanque da coragem. Muitos que querem empreender, simplesmente não têm a coragem de começar a viagem. Acham que ainda não reúnem todas as competências necessárias. Mas isso são exteriorizações de um medo interior maior: o de não ser capaz de se virar diante do desconhecido. Há muitos postos que oferecem o combustível da coragem para empreendedores, mas o que mais gosto é o Empretec, do Sebrae. Em seis dias, você suará por, no mínimo, 60 horas para tirar seu eu empreendedor (que não sabia) que existia em você ao trabalhar os dez principais comportamentos empreendedores. Depois dessa semana, você terá uma certeza: “De fome, você não morrerá”. E o combustível da coragem estará aceso! O Empretec ajuda a encher o tanque seguinte com o segundo combustível para quem tem medo de empreender: cara de pau. No Empretec, você perde a vergonha, pois tudo é tão intenso que você tira o animal que existe dentro de você. Mas cara de pau é um combustível volátil e já na semana seguinte, sua vergonha, mais conhecida como autocrítica, volta...

O plano costurado pela C&A para perder menos funcionários

Rotatividade caiu 7% nos últimos 2 anos na varejista. Empresa diz que convence equipe a vestir a camisa divulgando vagas de emprego internamente e com treinamentos Nos últimos dois anos, o número de empregados que pedem demissão ou precisam ser desligados na C&A caiu 7%. Para uma companhia do setor varejista, em que a rotatividade de pessoal é historicamente alta, esse índice pode ser significativo. A empresa atribui o melhor desempenho em reter a equipe aos programas de valorização de pessoas que adota. Um deles é o “Oportunidades internas”, por meio do qual ela anuncia vagas de emprego aos próprios funcionários antes de divulgá-las para o mercado. A comunicação é feita semanalmente pela intranet ou pelo informativo “C&A News”, que possui também uma versão impressa. Por meio desse projeto, trabalhadores insatisfeitos com a função que desempenham têm a opção de mudar de área, ou mesmo ascender na carreira – e é aí que a C&A os conquista. A partir do momento em que o empregado se candidata ao cargo aberto, ele concorre igualmente com outros profissionais, mas recebe uma orientação especial ao fim do processo de seleção para entender por que foi classificado, ou não, para aquele posto. “No caso de um feedback negativo, a conversa é aproveitada para tratar de aspectos que ele precisa desenvolver para conseguir uma próxima oportunidade”, explica Márcia Costa, vice-presidente de RH e Comunicação da C&A. Em 2013, das 400 vagas que foram abertas na empresa, 35% foram preenchidas por pessoas que já faziam parte do seu quadro de funcionários. Outro ponto que, segundo a companhia, ajuda na hora de convencer os empregados a...

Inovação em mini mercado de bairro

Sempre ouvimos falar que o mercado está inchado, a competição está extremamente acirrada, seu negócio se encaixa neste perfil? Como se diferenciar? Pequenas inovações geram GRANDES resultados. Conheça o caso do Armazém La Boqueria de Porto Alegre. Um pequeno comércio de bairro de administração familiar mudou seu layout criando um ambiente para lanches rápidos frente a uma bela vitrine para o bairro, o investimento foi baixo e o resultado foi espetacular. Uma simples formatação aumentou o fluxo, inclusive de novos clientes, o faturamento. Seu negócio é tradicional? Busque diferenciais que agreguem valor sempre de olho no Ambiente, abastecimento e atendimento. Boas...

O segredo que não se aprende na escola

Desde os nossos primeiros anos de vida e de ensino fundamental, aprendemos a fazer contas, a escrever, a ler, e somos orientados quanto ao que é “certo e errado”. Somos desenvolvidos com habilidades técnicas e operacionais, que nos permitem executar atividades do dia-a-dia, e isso de fato é crucial para o nosso desenvolvimento. O grande detalhe que falta na nossa cultura, desde as primeiras palavras que passamos a compreender, é o outro lado das habilidades, aquelas que realmente fazem a diferença, que nos dão força para ir além do que ninguém pensou ser possível, habilidades que te fazem trabalhar até mais tarde, e acordar mais cedo. São justamente essas competências, esses pilares do nosso desenvolvimento que acabam ficando para trás, tornando as pessoas simplesmente pedaços de um grande maquinário. Felizmente, existem casos de quem consegue acordar para essa realidade, e são essas figuras que fazem a verdadeira diferença. O princípio de Pareto (80% do resultado é proveniente de 20% das ações/pessoas) denota a mais pura realidade, pois precisamos de líderes, precisamos de gente que não descansa enquanto não atingir seus objetivos, que multiplicam milagrosamente suas 24 horas do dia, fazendo-as tomarem proporções e rendimento inacreditáveis, gerando resultados ainda mais extraordinários! Esses fatores, mandatórios para o tão aclamado SUCESSO, são muito pouco difundidos, em proporção ao valor que damos aos problemas e aos detalhes infames do nosso cotidiano pessoal e profissional. É comum investirmos grande energia nos problemas, e muito pouco nas soluções e no resultado propriamente dito. Se percebermos que focar nos problemas dá muito trabalho, até mais trabalho do que as soluções, passaremos a visualizar o sucesso como...

Fale Conosco

Quer Vender Mais?

Desenvolvemos um plano comercial estruturado de marketing e vendas envolvendo os setores convergentes no processo.